0

edc Brasil: Economia de Comunhão encerra 2021 premiando a juventude

Em dezembro, foram anunciados os vencedores da Premiação “Jovem de Impacto: eu sou!”

por Cibele Lana

publicado na revista Cidade Nova - edição 01/2022

A ECONOMIA de Comunhão no Brasil fechou o ano de 2021 e as comemorações dos seus 30 anos premiando a juventude. Uma live no Instagram, em meados de dezembro, anunciou os vencedores da premiação “Jovem de Impacto: eu sou!”

A premiação, realizada em parceria com a Economia de Francisco e o United Word Project, tinha como objetivo valorizar as ideias dos jovens por um mundo mais justo, regenerativo e fraterno. A iniciativa também fez parte do novo posicionamento institucional da Economia de Comunhão, que visa reaproximar a juventude da atuação da edc.

Dia do anuncio premiação jovemAo todo, a premiação recebeu cerca de 66 iniciativas, sendo 55 projetos e 11 ensaios, de 18 estados do Brasil e do Distrito Federal. Tanto projetos quanto ensaios precisavam atender a alguns critérios - como impacto socioambiental, viabilidade e escalabilidade, no caso projetos - e ter clareza na exposição, mostrar a importância das ideias para a redução da pobreza, dentre outros problemas sociais, no caso dos ensaios, que podiam ser acadêmicos ou não.

PROJETOS PREMIADOS

O primeiro lugar da categoria Projetos ficou com a iniciativa “Mulheres quilombolas: luta e resistência, a alimentação tradicional como cultura secular no quilombo Peropava”. O projeto trata da valorização das mulheres quilombolas que estão inseridas em atividades de agricultura e produção artesanal de alimentos tradicionais no quilombo Peropeva, em São Paulo. Os vencedores levaram um prêmio de R$ 3 mil e a iniciativa será implementada pela Associação Nacional por uma Economia de Comunhão.

Andréia Cabral, uma das proponentes do projeto vencedor, destacou: «Estamos muitos felizes por esse passo importante para as mulheres da nossa comunidade. O prêmio de primeiro lugar significa a realização de um sonho e é uma oportunidade de reconhecimento, valorização e desenvolvimento da Comunidade quilombola de Peropava, sobretudo das mulheres que lutam em prol de melhores condições de vida».

O segundo lugar foi para o projeto “Donas da Agro: Agrofloresta nas favelas”, que tem o objetivo de promover a educação ambiental em territórios periféricos a partir da plantação de agroflorestas em comunidades urbanas. Nesse projeto, também esteve em relevo o protagonismo das mulheres e o foco nos problemas sociais, como o desequilíbrio ambiental e a desnutrição.

jovem impactoEoF thumbnailEm terceiro lugar, ainda da mesma categoria, ganhou o projeto “Hub Itinerante de práticas agroflorestais no sul do Pará”. Esse se destacou pela sua viabilidade e pelos impactos positivos ao levar a bioeconomia para comunidades da Amazônia. «O prêmio jovem de impacto é um passo extraordinário para o protagonismo dos jovens no Brasil, especialmente para os focados em gerar impacto positivo em suas regiões. A terceira colocação foi um ótimo resultado, sinalizando que temos grandes ideias que podem ser transformadas em negócios sociais, que podem trazer renda e melhorar a qualidade de vida na Amazônia», disse Mayko Martins, proponente do projeto.

Dos 11 ensaios enviados, apenas um atendeu aos critérios do regulamento. A proponente Alda Renata Capelo foi premiada pelo ensaio “Materiais cimentícios não convencionais com vista à viabilidade econômica”. O trabalho chamou atenção pelo desenvolvimento de ideias capazes de influenciar em uma nova forma de fazer e pensar a construção civil, especialmente pela capacidade de impacto positivo no meio ambiente e como uma alternativa sustentável para as pessoas em situação de vulnerabilidade.

Veja a live transmistida pelo instagram clicando AQUI!

Image

vá para O ARQUIVO

Lìngua: PORTUGUÊS

Filtrar por Categorias

Siga-nos:

10-06-2021

Editoriais – Os valores resgatados das multinacionais para vacinas, famintos e empobrecidos por...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 263 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - edc@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.