Pobreza

0

#AMU - Equador, os jovens anseiam pela comunidade

As últimas atividades do projeto Esperanza envolveram 60 jovens das comunidades de Sálima, 10 de Agosto e Macará, a partir de suas necessidades de voltar a viver como comunidade e planejar o seu futuro.

publicado no site da AMU, junho de 2021

A Província de Esmeraldas é uma das regiões com maior índice de pobreza do país, por isso a AMU tem trabalhado nas comunidades de Sálima, 10 de Agosto e Macará desde 2016, em resposta às graves consequências do terremoto. Em meados de março de 2020, o governo do Equador declarou estado de emergência sanitária para a Covid-19 e impôs uma quarentena total (com exceção dos trabalhos considerados essenciais e da mobilidade necessária para o fornecimento de alimentos e remédios). Com uma população que vive principalmente de empregos informais, a emergência também se tornou uma emergência social e alimentar.

As comunidades locais nos chamaram a atenção para o perigo iminente de fechar até mesmo as atividades econômicas nascidas com o projeto "Sunrise Ecuador" devido à falta de clientes aos quais pudessem vender a produção da padaria e Progetti AMU EdCEquador 02 ridda granja de frangos. Isto teria significado a perda de uma fonte de renda para as famílias envolvidas. Além disso, teria sido impossível para mais de 800 famílias cobrir as suas necessidades alimentares durante este período.

Foi aqui que nasceu o projeto de emergência "Esperanza", que prevê a compra dos produtos da padaria e da produção avícola, para salvaguardar os empregos, e a distribuição gratuita desses produtos para as famílias mais necessitadas.

O caminho do fortalecimento das capacidades das comunidades para que elas possam ser protagonistas de seu próprio desenvolvimento assume um novo valor, de fato, mesmo neste momento de emergência, as ajudas, embora com o apoio externo, serão em grande parte administradas pelas pessoas da própria comunidade, pois a mudança para um futuro melhor está nas mãos de todos e especialmente de cada um deles.  

Além disso, a pandemia trouxe consigo momentos de isolamento e restrições que, embora necessários para a contenção da infecção, afetaram muito a vida cotidiana de todos nós. No Equador, os jovens têm sentido a falta de agregação e a possibilidade de viver experiências com os seus pares.

Por esta razão, quando foi possível, a AMU organizou atividades que favoreceram o estar juntos e redescobrir o papel e o potencial de cada um dentro de suas comunidades.

Meu sonho é estudar, gostei de todas as oficinas, aqui aprendi a cuidar do ecossistema, a me relacionar melhor com os outros, aprendi a me expressar melhor, aprendi que existem novas oportunidades.

 Os percursos de conscientização e formação foram alternados com momentos de jogos, entretenimento e apresentações artísticas organizadas com os meninos e as meninas das três comunidades.    

Foi um prazer para nós ter tido esta oportunidade, foi algo novo. Jogos e atividades para compartilhar com os amigos da comunidade. Sei que nós jovens temos talentos, mas por causa da timidez não os mostramos, mas graças a esses momentos aprendi a perder a minha vergonha e a me expressar em público...

Redescobrindo e praticando a regra de ouro "Faça aos outros aquilo que você quer que eles façam a você", os jovens também reencontraram o sentido da reciprocidade que é típica das intervenções da AMU.
Falando do seu futuro, eles sempre enfatizam o desejo de se comprometerem para crescer e poder colocar seus talentos e habilidades à disposição dos outros:

Eu gosto de aprender coisas novas e compartilhar com os outros o que aprendi. Eu gostaria de estudar para ser um bom profissional e ajudar os outros. O que mais aprendi no grupo foi trabalhar em equipe, a permanecer unidos e a saber compartilhar.

Atividades do Projeto de Emergência AMU-EDC "Esperanza":
– Serviço de compra e transporte de matérias primas para produção de alimentos.
– Compra da produção avícola e dos produtos da padaria comunitária
– Organização da logística para a distribuição de alimentos com as instituições locais a mais de 400 famílias

O projeto Esperanza no Equador é implementado com as contribuições da EDC Economia de Comunhão

Veja todas as notícias do projeto AMU EdC no Equador

Tags:
Image

vá para O ARQUIVO

Lìngua: PORTUGUÊS

Filtrar por Categorias

Siga-nos:

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 556 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2024 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - edc@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.