0

Bertola cresce com a cultura do dar

Nos meses do primeiro lockdown, o faturamento da empresa familiar em Marene, fundada em 1946, aumentou. A Economia de Comunhão é a sua estrela guia.

por Paolo Ragazzo

publicado na revista Confindustria Cuneo "Made in Cuneo" n. 02/21

200212 75 anni Bertola rid«Em meio à pandemia Covid-19, fomos obrigados a fazer um grande esforço para investir no processamento do alumínio; uma verdadeira encruzilhada para nossa empresa que nos exigia correr riscos, mas decidimos conscientemente assumi-los equipando uma linha em desuso. Isto significava contratar novos funcionários e os selecionamos entre os mais necessitados em busca de emprego e "pessoas marginalizadas". Depositamos nossa confiança na Providência e fomos recompensados pelos números, com um aumento de 50% no volume do faturamento. Isto é o que pode acontecer quando se coloca as pessoas no centro de um projeto, fazendo-as sentir-se parte integrante do mesmo». Livio Bertola, presidente e diretor geral da Bertola srl de Marene, uma empresa especializada em cromagem e tratamentos galvânicos, é elogiado ao contar como a empresa transformou em realidade o princípio norteador pelo qual ele tem lutado durante toda a sua vida: a valorização da "cultura do dar" dentro da sua própria empresa, com ações concretas.

Que melhor presente de aniversário, para uma realidade industrial que deu os seus primeiros passos no período imediato ao pós-guerra em Turim, e em 12 de fevereiro apagou 75 velas com uma festa "em casa" entre membros da família e colaboradores, Famiglia Bertola moto Ride os dois principais ingredientes desta bela história empresarial. Por um lado, o núcleo familiar no sentido mais estrito da palavra, firmemente ao leme da empresa com Lívio, sua esposa Teresina e seus três filhos Marco, Paolo e Caterina (e Maria Grazia, irmã de Lívio, sócia externa que vive na Holanda há mais de trinta anos), e por outro lado, a família Bertola ampliada, ou seja, todos os funcionários, que cresceram de 27 para 42 nos últimos 12 meses. Para Lívio, o papel de cada colaborador na equipe de produção é fundamental: "Existe uma harmonia especial entre todos aqueles que trabalham em nossa estrutura, independentemente de sua origem social e idade, e este é o feliz resultado da forma como criamos nossa empresa e a administramos ao longo dos anos: viver a empresa como vocação e serviço ao bem comum e aos excluídos, combatendo assim as diversas formas de pobreza, buscando uma inclusão comunitária e produtiva. É exatamente isso que a Economia de Comunhão nos convida a fazer, fundada por Chiara Lubich em maio de 1991 e que encontra uma de suas expressões mais concretas em nível nacional na associação Aipec (Associação Italiana de Empresários por uma Economia de Comunhão, com sede na Toscana, no Centro Lionello Bonfanti), da qual Livio Bertola é presidente.

Bertola veduta aerea 2021Sólidos princípios éticos, combinados com talento empresarial, uma combinação capaz de resistir à "tempestade" que estamos atravessando há mais de um ano. Um pouco como os produtos da empresa. A Bertola, na verdade, é dirigida principalmente às empresas que necessitam de tratamentos galvânicos de alta qualidade, capazes de resistir à corrosão, combinando um resultado estético excepcional. Muitos dos itens tratados dizem respeito a componentes de fabricantes de automóveis e motocicletas, marcas conhecidas nacionalmente e internacionalmente, mas também a indústrias especializadas em equipamentos esportivos, saúde, móveis de interiores e muito mais.

«2020 foi um ano complicado do ponto de vista organizacional, pois tivemos que adaptar a empresa às exigências do mercado, contratando novosBertola produzione rid funcionários e treinando-os rapidamente», explica o Diretor Geral.. «Entretanto, os esforços foram bem recompensados, graças a algumas novas encomendas, como a que tínhamos seguido desde 2017 para a usinagem de componentes para a nova motocicleta Bmw R-18, com a participação da Brembo, ou o boom nas vendas de equipamentos de fitness, para ginástica doméstica pela Technogym, nosso principal cliente. Finalmente, nossa propensão para trabalhar um material complexo como o alumínio foi recompensada». Ao longo dos anos, a Bertola aprendeu a processar qualquer tipo de material ferroso. Materiais que são sempre mais leves do que o ferro, que também são completamente recicláveis, como exigem os cânones da economia circular.

Caterina Bertola TCNGYM 350«Internamente, recuperamos os resíduos de processamento graças a uma fábrica muito recente, construída imediatamente após o lockdown na primavera passada, e logo concluiremos outra», continua Lívio Bertola. «Mas, mesmo que não possamos recuperar tudo, o componente é refundido nas fundições, pronto para ser reutilizável».

A empresa adquiriu uma forte marca "verde" desde os anos setenta, quando construiu a primeira instalação de purificação, para continuar com constantes investimentos em descargas de água e controle de emissões atmosféricas e ruído, até a mais recente realidade nascida na Bertola: High Technology Italia srl. É uma empresa start-up sediada em Cherasco que propõe um tratamento tecnológico ecológico com alta eficiência e produtividade, como alternativa aos processos galvânicos com a ajuda de processos de pintura. A maioria dos produtos da Ht Italia vai para iluminação urbana, interior e decorativa, ou para peças automotivas e de motocicletas. Apenas quatro anos após sua fundação, a cisão da Bertola fechou 2020 com um faturamento de mais de 1,2 milhões e 13 funcionários.

À pergunta final sobre o que ele espera para sua empresa a partir de 2021, a resposta de Livio Bertola só pode ser: «Continuar ao longo do caminho positivo dos últimos sete meses do ano passado, consolidando os projetos em andamento, mas já vislumbrando no horizonte outras oportunidades adicionais e interessantes que poderão se materializar no futuro próximo, porém sem nunca esquecer a centralidade das pessoas que tornam possível cada um de nossos objetivos».

  pdf Clique aqui para fazer download do PDF da entrevista (817 KB)   

Tags:
Image

vá para O ARQUIVO

Lìngua: PORTUGUÊS

Filtrar por Categorias

Siga-nos:

10-06-2021

Editoriais – Os valores resgatados das multinacionais para vacinas, famintos e empobrecidos por...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 286 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - edc@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.