Best practices

A economia que floresce em tempos de crise

A empresa Bertola comemorou no dia 12 de fevereiro de 2021 o seu 75º aniversário do seu nascimento. No último ano, conseguiu aumentar seu faturamento em 50% e seu pessoal em 70%. Entrevistamos Livio Bertola, presidente da Associação Italiana de Empresários por uma Economia de Comunhão (Aipec).

aos cuidados de Candela Copparoni

publicado na revista Città Nuova em 12/02/2021

A Economia de Comunhão tem as suas origens nos anos 90, quando Chiara Lubich, ao chegar em São Paulo, centro financeiro do Brasil, percebeu as desigualdades econômicas na cidade. A marginalidade dos barracos ao lado de enormes arranha-céus levou-a a promover um modelo econômico baseado na ajuda mútua. Assim nasceu uma economia que, ligada à economia civil, se afastou da economia capitalista do lucro e colocou a pessoa e a fraternidade no centro.

Atualmente, a crise sanitária provocou uma recessão econômica global, a mais grave desde a Segunda Guerra Mundial para as economias avançadas de acordo com o Banco Mundial. A consequência é uma perda de 255 milhões de empregos, segundo os dados da Organização Internacional do Trabalho (Oit). Esse não foi o caso da empresa Bertola, líder no setor de tratamento galvânico, especializada principalmente na cromagem de componentes para motocicletas, automóveis e equipamentos esportivos. Durante a pandemia, a empresa havia se endividado para contratar mais pessoas, especialmente aquelas que se 200212 75 anni Bertola ridencontravam em dificuldades. Inesperadamente, seu capital aumentou em 50 % e sua força de trabalho em até 70%, ainda com perspectiva de crescimento.

Livio Bertola, presidente da Associação Italiana de Empresários por uma Economia de Comunhão (Aipec) está à frente da empresa Bertola. Ele garante que, além do árduo trabalho realizado, o sucesso veio graças à confiança na Providência e no "Sócio Escondido ", como ele gosta de dizer. Devido a uma série de coincidências, os empregos surgiram com duas ou três grandes encomendas que favoreceram o enorme aumento para o grupo Bertola, que confessa se sentir «espantado» com o que aconteceu.

«Em um momento tão terrível, recebemos de uma forma inesperada mais do que esperávamos. Uma das coisas importantes, como Chiara Lubich disse, é investir na empresa; a segunda é investir em homens e mulheres ‘novos’ que acreditam na "cultura do dar", e sempre procuramos fazer isso; e a terceira parte do lucro direcionar aos indigentes, não tanto para fazer caridade, mas para incluir essas pessoas pobres, marginalizadas e descartadas»..  

A Bertola Srl é uma empresa nascida no primeiro período pós-guerra, em fevereiro de 1946. O pai de Livio Bertola tinha sido um prisioneiro na Alemanha e tinha conseguido se salvar. Ao retornar à sua cidade natal de Marene, ele e seus irmãos decidiram desenvolver o projeto Bertola sob o nome de "Galvanica Marene". Bertola explicou que, desde o início, a empresa não foi criada com fins lucrativos, mas sim com o desejo de ajudar a região local e seus amigos de uma áreas que havia se tornado muito pobre, praticamente agrícola e sem nenhuma possibilidade de desenvolvimento.

«Precisamos ter a coragem de dizer que tudo é possível, de viver mais em rede, em comunhão e de viver por um mundo mais unido e mais fraterno [...] Chiara nos fez compreender que toda experiência de Deus deve ser doada, porque não é a nossa», conclui Bertola.

Image

vá para O ARQUIVO

Lìngua: PORTUGUÊS

Filtrar por Categorias

Siga-nos:

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 549 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2024 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - edc@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.