O Relatório Economia de Comunhão 2010/2011 está online

Os dados sobre a destinação dos lucros, o censo das empresas no mundo, a cultura de comunhão e uma sondagem sobre a Identidade da Edc

 

Rapporto_2010-2011_cover_ridUm ano inteiro de Economia de Comunhão: os dados e as notícias que se encontram no Relatório Edc vão de setembro de 2010 a setembro de 2011. O relatório está dividido em três partes: as empresas, a cultura de comunhão e os pobres invocando, dessa forma, os "3 terços" da divisão dos lucros, ponto fundamental do projeto Edc. Dados numéricos e gráficos muito coloridos e de simples interpretação acompanham a história do vigésimo ano do projeto, com as vozes dos protagonistas.

Importante ressaltar o anexo que contém a sondagem sobre a Edc "Identidade e futuro" realizada por Simona Di Ciaccio durante a Assembleia Internacional de maio de 2011 no Brasil.

O Relatório está disponível online: todos estão convidados a baixá-lo e a conhecê-lo. Boa leitura! 

O Relatório pode ser baixado aqui (por enquanto somente em italiano)

Siga-nos:

29-07-2020

A casa comum só pode se tornar mais humana e mais hospitaleira se a olharmos e pensarmos nela...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 452 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.