0

Economistas como engenheiros?

O Prêmio Nobel de Economia 2020 foi concedido, no dia 13 de outubro, a Robert Wilson e Paul Milgrom pelas contribuições à teoria dos leilões. Um prêmio que vai numa direção diferente da do ano passado, concedido à Banerjee, Duflo e Kremer pelos estudos sobre a pobreza.

por Vittorio Pelligra

publicado no site Vita em 12/10/2020

O Prêmio Nobel de Economia 2020 concedido a Robert Wilson e Paul Milgrom, por suas contribuições à teoria dos leilões (por que não também a Paul Klemperer?) vai na direção de uma visão da economia mais parecida com a engenharia do que com a física teórica.

O "economista como engenheiro", para usar a expressão de um outro ganhador do Prêmio Nobel, Alvin Roth, é o cientista que não só vai em busca das leis fundamentais, dos princípios que regem o comportamento econômico, dos mercados e das organizações, mas que intervém projetando novos mercados, novas formas de interação e novas ferramentas para facilitar a realização de objetivos com valor social.

Escreve Roth: «Ultimamente, os economistas têm sido chamados não apenas para analisar mercados, mas para projetá-los. Um projeto de mercado compreende a responsabilidade pelos detalhes, a necessidade de lidar com todas as complicações de um mercado, e não apenas com as suas características principais. Portanto, os projetistas não podem trabalhar apenas com os simples modelos conceituais utilizados para a compreensão teórica do funcionamento geral dos mercados. Antes disso, o projeto de mercado exige uma abordagem da engenharia».

As contribuições de Wilson e Roberts, foram direcionadas tanto para a construção de uma teoria do leilão, como também para o projeto concreto de ferramentas operacionais para a implementação dessa teoria. Tais ferramentas trouxeram enormes benefícios, em termos de maiores ganhos para a comunidade, no caso, por exemplo, do famoso leilão de 1994, no qual a FCC atribuiu os direitos de uso do espectro para a transmissão de dados de telefones celulares, na época a venda rendeu 20 bilhões de dólares. Em 2000, os direitos de dados 3G foram vendidos por US$ 34 bilhões no Reino Unido.

Os leilões desse tipo são utilizados nos mercados de eletricidade, nos serviços públicos em geral, nas premissas de emissão e nos mercados financeiros após a crise de 2006, para tentar evitar contratempos perigosos.

Dito isso, surpreende um pouco que o comitê tenha voltado a esse tema depois de ter concedido prêmios para trabalhos similares a Mirrlees e Vikrey em 1996, Maskin e Myerson em 2007, Roth e Shapley em 2012 e Tirole em 2014.

Existem provavelmente outras áreas da ciência econômica que merecem mais atenção devido à sua relevância teórica e prática. Mas, como se diz, um pouco de Circlebottism*, após a premiação do ano passado concedida a Banerjee, Duflo e Kremer por seus estudos sobre a pobreza, já era de se esperar.

*Circlebottism é uma palavra jornalística. Indica a atitude daqueles que, tendo que escolher entre muitas alternativas ou para expressar suas opiniões, assumem uma posição intermediária líquida em relação às possíveis opções.

Image

vá para O ARQUIVO

Lìngua: PORTUGUÊS

Filtrar por Categorias

Siga-nos:

10-06-2021

Editoriais – Os valores resgatados das multinacionais para vacinas, famintos e empobrecidos por...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 410 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - edc@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.