Obrigado Pino!

No dia 30 de dezembro Pino Quartana, um dos primeiros protagonistas da Edc, partiu para o céu

Pino_QuartanaPartiu na aurora da Festa da Sagrada Família, tendo ao seu lado a esposa Mariele e o filho Luca; completaria 84 anos em fevereiro. Graduado em Filosofia, lecionou por muitos anos para o ensino médio. Queremos recordá-lo hoje pelo papel muito importante que teve em relação a Edc nos primeiros anos do seu desenvolvimento: quando em maio de 1991 Chiara Lubich lançou no mundo todo a "bomba Edc", Pino Quartana era responsável, junto com sua mulher Mariele e com Tommaso Sorgi do Movimento Humanidade Nova dos Focolares, o primeiro setor no qual naturalmente a EdC deu seus passos. Pino Quartana acompanhou o projeto de perto, encorajando-o e sustentando os primeiros momentos da explosão da Edc.

 

 

Para manter viva a sua memória e com ela as raizes espirituais e carismáticas da Economia de Comunhão, em reconhecimento a Pino publicamos um texto importante, conteúdo do número especial que Nuova Umanità dedicou à Economia de Comunhão na primavera de 1992, ha um ano do seu nascimento.

Impressiona, mais para o final deste texto, quanto profeticamente afirmava Pino em relação a Edc: "Mas este projeto nascido - como foi dito - antes de tudo para resolver o problema social dentro do Movimento, onde - como na primeira comunidade de Trento na época da guerra «não devem e não podem existir pobres», pensamos que seja chamado a se difundir também fora dele. A ideia pode de ser acolhida por muitos corações. Uma ideologia que fundamentava o equilíbrio econômico em um coletivismo imposto ao homem reduzido a produtor, à mera dimensão econômica desmoronou; mas não está menos em crise o equilíbrio baseado em um duro individualismo corporativo e no homem reduzido a consumidor. De fato, existe a expectativa de algo que resolva os problemas sociais e econômicos levando em conta aquilo que existe de mais verdadeiro e autêntico no homem."

Em nome dos pobre e de todos os protagonistas da Edc: Obrigado Pino!

A economia de comunhão no pensamento de Chiara Lubich, por Pino Quartana, de Nuova Umanità n.80-81, vol XVI, 1992/04-05 

Siga-nos:

29-07-2020

A casa comum só pode se tornar mais humana e mais hospitaleira se a olharmos e pensarmos nela...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 545 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.