35.jpgprojetos Pólo Solidaridad

Julho de 1991 – logo após o surgimento da EdC no Brasil, inicia-se o projeto na Argentina, e em seguida o Pólo Empresarial Solidariedad, numa área de 34 hectares.

solidaridad_serre1.jpgConstitui-se a sociedade anônima UNIDESA (Unidade e Desenvolvimento Sociedade Anônima), para administrar o pólo, criar condições para implantação ou transferência de empresas e dar visibilidade ao projeto Economia de Comunhão.

O engajamento no projeto, e particularmente na UNIDESA, é inspirado na indicação de Chiara: “somos pobres, mas somos muitos”. Por isso as ações, de baixo valor nominal, são adquiridas por muitos favorecendo a participação de muitos como protagonistas do pólo.

Em 1995, a viabilização de um projeto urbanístico e a venda de 5 hectares, permitiu a realização dos serviços de infra-estrutura necessária para a implantação das futuras empresas. solidaridad_laboratorio.jpg

Para tornar conhecido o aspecto cultural da EdC e as empresas coligadas de todo o país, realiza-se, desde 1998, uma Expo que é freqüentada anualmente por cerca de 25 mil visitantes que passam pela Mariápolis Lia.

Duas vezes ao ano são promovidos encontros nacionais com empresários de toda a Argentina, nos quais amadurece cada vez mais a consciência da atualidade de tal desafio.

arrow.gifPólo Solidaridad on-linelink.gif(español)

empresas inseridas

Siga-nos:

quem está online?

Temos 878 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.