Coreia: a meta de felicidade para todos

Em um momento crucial para o povo coreano, a economia civil dá sinais de esperança

por Regina Min

do Relatório EdC 2016, sobre a "Economia de Comunhão - uma nova cultura"

N43 pag 05 Regina Min AutoreO povo da Coreia do Sul está vivendo um momento de uma grave crise de relação controversa entre a presidente eleita em 2012, Park Geun-hye, e a filha de um líder de uma seita xamânica, que veio à tona em novembro do ano passado. Aparentemente, devido à sua influência sobre a presidente, as grandes empresas coreanas, incluindo Samsung, doaram dezenas de milhões de dólares para a sua fundação e mais...

A notícia do escândalo provocou um protesto em massa: as pessoas se sentiram enganadas e por semanas mais de um milhão e oitocentos mil cidadãos invadiram pacificamente as ruas de Seul, com velas acesas para exigir a renúncia da presidente. Em 9 de dezembro de 2016, o Parlamento votou a favor do impeachment e agora o Tribunal Constitucional da Coreia do Sul tem até junho para validar ou invalidar a decisão do Parlamento. Como você pode entender facilmente, a situação de incerteza continuará forte enquanto o caso não colocar a palavra "fim". É neste contexto político e social que foi realizado o 7º Asia Future Forum, intitulado "Para além do PIB, a meta de felicidade para todos." Promovido pelo importante jornal coreano Hankyoreh, nos dias 23 e 24 de novembro, em Seul, o Fórum colocou uma especial atenção à economia civil, que  acredita ser capaz de fornecer "alternativas sustentáveis de felicidade" para todos. Luigino Bruni teve uma participação especial falando sobre "felicidade pública e bens relacionais", e moderou o painel de discussão "Recomendações e requisitos para um mundo de felicidade compartilhada", que tocou o coração da crise atual na Coreia. Sua audiência foi assistida pelos principais políticos (o presidente do Parlamento coreano e os candidatos nas próximas eleições presidenciais de 2017), as grandes empresas, a mídia, a economia civil e numerosos acadêmicos. O projeto teve um forte impacto sobre os participantes. No dia seguinte, o jornal Hankyoreh publicou um extenso artigo intitulado: "A felicidade é uma questão essencialmente de relações humanas."  N44 pag07 Corea rid web

Nos dias de sua estada na Coreia, Luigino Bruni também teve várias oportunidades para falar sobre o "capitalismo vegetal", um tema que tem atraído o interesse dos alunos da 7ª Escola de Política para a Unidade, dos políticos, dos estudiosos e especialistas dos trabalhos da economia civil, dos empresários da 1ª e 2ª geração da EdC, presentes no Fórum Social promovido pelo Movimento Político pela Unidade (MPPU)* coreano edos alunos e professores de economia, política e civil da Universidade Nacional Chonbuk, da cidadede Jongiu (entre eles também Kim Sungsu, prefeito da cidade).

Após uma semana de "imersão total" na economia civil, uma pessoa que acompanhava Bruni disse: "Ele parece ver momentos de esperança na crise atual." Se, como disse Chiara Lubich (fundadora do Movimento dos Focolares), no Evangelho há uma solução para cada problema, também é verdade que uma vez que você compreenda a solução, são as ciências que devem traduzir os padrões de conhecimento e normas de vida para as diferentes épocas e para as várias culturas. Acompanhando Luigino Bruni nesta viagem tive a certeza de que isso é possível.

 *Pertencente ao Movimento dos Focolares, o Movimento Político pela Unidade (MPPU) é uma rede mundial aberta composta de cidadãos ativos, políticos eleitos em todos os níveis institucionais, militantes dos mais diversos partidos políticos, funcionários públicos, estudiosos e cientistas políticos, jovens interessados pelas grandes questões mundiais e pela vida da própria cidade, estado e país.

Siga-nos:

Alessandra Smerilli

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 854 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.