As surpresas do Censo

Por meio do site edc-online.org empresários e trabalhadores podem confirmar a adesão ao projeto EdC e compartilhar talentos e profissionalismo para o desenvolvimento de novas empresas

por Alberto Ferrucci

do Relatório EdC 2013-2014, sobre a "Economia de Comunhão - uma nova cultura" nº 40 Suplemento publicado com a 'Città Nuova' nº 1/2 - 2015 - janeiro 2015

Pag 10 Censimento Alberto FerrucciAtravés de www.edc-online.org cada empresário já pode acessar o site específico que permite aderir ou confirmar a própria adesão à EdC, fornecendo informações sobre o ramo e o tamanho da empresa. Pelo site pode-se declarar tanto os lucros que se pretende colocar a disposição por meio da EdC para os pobres e para a formação, quanto todos os outros lucros gastos de outras formas ou aos quais se renunciou com base na “cultura do dar”. Em outra página, o empresário e seus trabalhadores podem listar os recursos e as capacidades que estão dispostos a compartilhar gratuitamente para favorecer o nascimento ou o desenvolvimento de novas empresas de EdC no mundo.

Poucos meses após o lançamento do censo, 136 empresas entraram diretamente no site para confirmarem-se como membros do projeto: destas, 43 são italianas, 23 da península ibérica, 10 do Norte e 10 do Leste da Europa; do Brasil chegaram 13 adesões, da América espanhola 12, 10 da África, 7 da América do Norte e 7 da Ásia. Outras 41 empresas cadastraram-se como simpatizantes, a metade da Itália e 12 do Congo, país onde a EdC está crescendo de maneira especial.

Muitas empresas declararam os lucros compartilhados com a EdC, algumas também o fizeram com os lucros utilizados de outras formas segundo a “cultura do dar”, com montantes às vezes Pag 10 Paco Toro Bolivia 02 ridmuito maiores do que os primeiros, que nós consideramos, de todo modo, fruto do projeto.

A verdadeira surpresa do censo é o fato que os empresários e vários trabalhadores de mais da metade das empresas, inclusive das simpatizantes, quiseram informar também seus talentos profissionais que estão disponíveis a compartilhar gratuitamente para o desenvolvimento de novas empresas de EdC.

Trata-se de profissionalismo de todo tipo e de todos os países, na maioria entre os trinta e quarenta anos, mas também de cinqüenta e sessenta anos: tem até mesmo um administrador muito jovial de 80 anos. Metade deles estão dispostos a se transferirem para qualquer lugar do mundo, 20% a se mudarem dentro do próprio país e 30% na própria cidade.
São pessoas com as profissões mais diferentes, gestores, mas também especialistas em amplificação para concertos, jardinagem, agências de turismo, criação de frangos, avaliação de créditos, micro-finança, construção civil e hidráulica, pesquisa de mercado, cultura de bananas, educação, inovação de processos, traduções, produção de filmes (TV), desenho mecânico, controles contábeis, vendas de cosméticos, análises clínicas, agricultura eco-sustentável, transformação galvânica, cursos de tricô, coleta de água e agricultura tropical, produção e douramento de molduras, e assim por diante.

Agora, cabe a nós promover o encontro entre a oferta e a procura, mas com tantos talentos a disposição, só podemos nos sentir ricos: da riqueza dos filhos do Pai!

Siga-nos:

Alessandra Smerilli

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 545 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.