Progressos da sinergia entre EdC e Sophia

O curso de Economia e Gestão, fruto da colaboração entre Economia de Comunhão e o Instituto Universitário

por Antonella Ferrucci

Do Relatório EdC 2012-2013, sobre "Economia de Comunhão - uma nova cultura" nº 38 - Suplemento publicado com a 'Città Nuova' nº 23/24 - 2013 - dezembro de 2013

antonella-ferrucci 1Também este ano, aproximadamente, dois terços do que foi recolhido dos lucros das empresas de Economia de Comunhão destinados à «formação de homens novos», foram utilizados para o apoio às atividades do Instituto Universitário Sophia. É uma colaboração não só financeira, tanto que foi possível fundar o curso de Economia e Gestão no IUS, e dentro da universidade Providence de Taichung (Taiwan) nasceu uma colaboração para a formação acadêmica na perspectiva da EdC. Tal iniciativa surgiu no congresso de abril de 2013 sobre o pensamento de Chiara Lubich e a cultura da unidade, realizado nesta mesma universidade.

Portanto, são significativas as palavras de Piero Coda, presidente do Sophia, dirigidas aos atores de EdC: «Em nome de toda a comunidade acadêmica, fico extremamente satisfeito em dirigir um sincero pensamento de gratidão a todos aqueles que, de muitos modos, consomem as suas energias de mente e de coração na promoção do projeto de EdC. Sem a contribuição convicta, consistente e perseverante de vocês, e não só em nível financeiro, o sonho “chiariano” (de Chiara) do nosso Instituto não só não teria decolado, mas não poderia nem ter colocado raízes firmes, mesmo sendo ainda uma plantinha jovem, tenra e necessitada de cuidados». 

 

Um ajuda ao Egito

Report 2012 2013 Sami Creta

«Antes de vir para o Sophia – explica Sami Creta, 27 anos, egípcio, estudante de Economia e Gestão – vivi em meu país a “primavera árabe”. Num Oriente Médio que está queimando, falar de diálogo, de fraternidade ou de gratuidade parece uma loucura: neste verão, numa praça durante um conflito entre dois grupos, entendi o valor real destas palavras.

«Ou viveremos todos juntos ou morreremos cada um sozinho” me parecia a única resposta possível. Através do estudo, mas também graças à vida junto com professores e estudantes em Sophia, encontrei respostas sérias a estas perguntas. São respostas que levo comigo, ao mundo: um novo modo de pensar a economia, com o homem no centro e um novo mercado, no qual se olha nos olhos antes de pensar nos próprios interesses. É realmente um sonho! Chegou o tempo de realizá-lo, somos portadores e protagonistas desta nova cultura. Juntos, vamos para frente».

 

Lançamento da Escola de Economia Civil

Report 2012 2013 SECNo dia 20 de setembro de 2013, em Loppiano foi lançada oficialmente a Escola de Economia Civil (SEC), inaugurada com a presença do ministro do Trabalho, Enrico Giovannini, na sua sede no Polo EdC Lionello Bonfanti. Entre os 15 sócios fundadores estavam presentes: Acli, Federcasse, Banco Ética, Federação Trentina da Cooperação, IUS e Polo Lionello Bonfanti. A SEC surge para formar operadores econômicos para agirem como empresa de maneira “civil” porque, como afirma Silvia Vacca, diretora-presidente da SEC, «a sustentabilidade econômica pode ser acompanhada por uma sustentabilidade social».

Il 20 Settembre 2013 a Loppiano ha preso ufficialmente il via la Scuola di economia civile (Sec), inaugurata alla presenza del ministro del Lavoro, Enrico Giovannini, nella sua sede presso il Polo EdC Lionello Bonfanti. Tra i 15 soci fondatori Acli, Federcasse, Banca Etica, Federazione Trentina della Cooperazione, IUS e Polo Lionello Bonfanti. La Sec nasce per formare operatori economici a fare impresa in maniera “civile” perché, come sostiene Silvia Vacca, presidente del Cda della Sec, «la sostenibilità economica può accompagnarsi ad una sostenibilità di tipo sociale».

Para mais informações sobre os cursos: www.scuoladieconomiacivile.it

Siga-nos:

Alessandra Smerilli

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 409 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.