Saiu o "Relatório Economia de Comunhão 2012/2013"

Síntese da vida de um ano EdC

Relatorio 2012 2013 pt capa 1Também este ano o Relatório EdC 2012-2013 faz parte de um número especial do Noticiário Economia de Comunhão, uma nova cultura, que alcança com esta publicação o n. 38. A escolha está ligada à oportunidade de veicular mais amplamente possível os dados da Economia de Comunhão do ano. Saindo com número único de dezembro de 2013 de Città Nuova, o n.23/24-2013, o Relatório EdC terá uma tiragem de 46.000 cópias que chegarão a todos os assinantes de Città Nuova, além daqueles que nestes anos também fizeram o pedido. 

Um ano inteiro de Economia de Comunhão: os dados e as notícias presentes no Relatório EdC vão de setembro de 2012 a setembro de 2013. Um material que, além de mostrar numa tabela sintética os dados referentes aos lucros compartilhados no ano, pelos empresários de EdC, é caracterizado pelas reflexões de um recente encontro em Portugal, sobre a estratégia a ser assumida daqui para um futuro próximo, para tornar mais eficaz o serviço aos necessitados e às empresas. Não só: fala-se de novas empresas como fruto do projeto jovens (porque nasceram das Escolas de EdC), de Microcrédito realmente a serviço das pessoas, dos resultados da pesquisa sobre o impacto da Economia de Comunhão sobre a pobreza, realizada em 2013, do projeto brasileiro Aproagro, do relacionamento com a Universidade Sophia, das sinergias que podem nascer entre os Polos Produtivos e as Associações de Edc.

Ainda ressaltamos nesta publicação a introdução de Alberto Ferrucci sobre a vida EdC deste ano e as conclusões de Luigino Bruni sobre as perspectivas para o futuro. E não podia faltar a contribuição de uma Formy especial.

O relatório está disponível online: vocês estão convidados a baixá-lo e a conhecê-lo. Boa leitura! 

Baixe aqui o relatório em português 

 

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.