Zenit - 02/10/2014

Entrevista com o professor Zamagni, consultor do dicastério Justiça e Paz: a Doutrina Social da Igreja é um paradigma da antropologia cristã

Francisco levou a Doutrina Social da Igreja ao grande público

por Sergio Mora 

publicado em zenit.org 

Logo Zenit ptO professor e economista Stefano Zamagni, consultor do Pontifício Conselho Justiça e Paz, presente no congresso desse mesmo dicastério em Roma, explicou a grande contribuição do papa Francisco à Doutrina Social da Igreja ao levar esse tema ao grande público. Zamagni lamentou que os "instrumentalizadores de sempre" queiram aplicá-la como se fosse um modelo político e não um paradigma. Ele conversou hoje com ZENIT depois de dissertar na XXVIII Reunião Plenária do Pontifício Conselho Justiça e Paz, pouco antes de os participantes serem recebidos pelo papa Francisco.

ZENIT: Qual é a contribuição do papa Francisco à Doutrina Social da Igreja?

Prof. Zamagni: O grande mérito do papa Francisco é ter levado o tema da Doutrina Social da Igreja, que é sempre esse e não pode ser outro no tocante aos princípios, ao nível, digamos, das massas. Antes era um tema que ficava no nível cultural e científico e que, portanto, era objeto de atenção das pessoas cultas. Hoje o tema está sendo levado à base e entrando nos ouvidos dos empresários, dos gerentes, dos funcionários.

ZENIT: Como podemos definir a filosofia do papa Francisco?

Prof. Zamagni: A filosofia do papa Francisco é a do realismo histórico. Ele afirma que a Doutrina Social da Igreja é um paradigma, não um modelo; lamentavelmente, os instrumentalizadores tentam interpretá-la como se ela fosse um modelo. E dizem: "o papa, quando diz isto, se refere a isto, diz que esse modelo é proibido...". Não, porque o papa não vai ao nível dos modelos, mas ao nível dos paradigmas.

ZENIT: Pode explicar por que ela é um paradigma?

Prof. Zamagni: Paradigma significa um olhar para a realidade, e, neste sentido, a obra do papa deixará marca, porque, de uma vez por todas, ela deixará claro que o cristianismo é uma religião universal, não uma religião étnica, adequada e interpretada com específicas referências a uma determinada realidade; ela pode se encarnar em qualquer contexto. Eu diria que um sinal prático disto é a forma como ele está mudando a composição orgânica dos membros da cúria, que está sendo cada vez mais internacionalizada em comparação com o passado.

ZENIT: Você falou também de um terceiro ponto...

Prof. Zamagni: Não basta intervir nos mecanismos da distribuição da riqueza, mas também nos mecanismos da produção da riqueza. Porque se eu intervenho só post factum, ou seja, depois que a renda foi obtida, para torná-la mais equitativa, isso não é mais suficiente hoje. Já foi, mas agora a economia se tornou global. É necessário intervir no momento em que a riqueza é produzida de acordo com critérios de justiça e de equidade.

ZENIT: Há quem diga que o capitalismo é intrinsecamente perverso...

Prof. Zamagni: São discussões dessas pessoas que pensam que o papa quer atacar um modelo em vez de outro, quando, na realidade, o que interessa ao papa é afirmar um paradigma que é o da antropologia cristã.

ZENIT: O papa insiste sempre na solidariedade?

Prof. Zamagni: A solidariedade é uma das quatro colunas da Doutrina Social da Igreja: a primeira é a centralidade da pessoa; a segunda é a solidariedade; a terceira, a subsidiariedade; e a quarta é o bem comum. Então não é dito nada novo. O novo é aplicar isso à realidade atual.

ZENIT: E quem faz essas interpretações?

Prof. Zamagni: São os instrumentalizadores de sempre.

 

(02 de Outubro de 2014) © Innovative Media Inc.

 

Siga-nos:

16-10-2019

O grito da Terra, o grito dos jovens empenhados nas “Fridays for future” e aquele mais subjugado...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 599 visitantes e Um membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.