• Economia di Comunione
    Persone e imprese che attivano processi di comunione.
    Idee e pratiche per un agire economico improntato alla reciprocità e all’accoglienza.
    Un ambito di dialogo e di azione per chiunque voglia impegnarsi per una civiltà più fraterna guardando il mondo a partire dagli esclusi e dalle vittime
    scopri di più...
  • Corsi di Economia Biblica
    14-15 settembre 2019 (Libro di Qoèlet) Polo Lionello Bonfanti - 50063 Figline e Incisa Valdarno (FI)scopri di più...
  • Prophetic Economy
    Castelgandolfo (Roma): 2 - 4 Nov 2018scopri di più...
  • The Economy of Francesco
    Sono aperte le candidature per partecipare all’evento di Assisi 2020!scopri di più...
  • LoppianoLab 2019
    “Custodire, valorizzare, innovare. Tempo scaduto?” è il titolo della 10a edizione di LoppianoLab che si terrà il 4 e 5 ottobre 2019 a Loppiano.scopri di più...

Economia di Comunione

Persone e imprese che attivano processi di comunione.

Idee e pratiche per un agire economico improntato alla reciprocità e all’accoglienza.

Un ambito di dialogo e di azione per chiunque voglia impegnarsi per una civiltà più fraterna guardando il mondo a partire dagli esclusi e dalle vittime.

É importante acreditar nos nossos sonhos

por Daniel Fassa

publicado na Revista Cidade Nova edição de julho/2017

 luciana 2 foto siteLuciana Santiago Souza Mota, 38 anos, é de Salvador. Casada e mãe de três filhos, desde a adolescência ela se interessou pelo ramo de beleza. Aos 16 anos, fez um curso de manicure no Senac. Sua intenção era se formar para dar aulas em um projeto social promovido por sua paróquia. Mas seu sonho mesmo era ser cabeleireira. Trabalhando como manicure, conseguiu investir num curso profissionalizante. E não parou mais. 

A soteropolitana trabalhou em diversos salões de beleza ao longo da vida, até conseguir abrir o seu, cerca de oito
anos atrás. No entanto, problemas pessoais a obrigaram a interromper a carreira. Durante quatro anos, teve que trabalhar
em casa. Tudo mudou quando, por meio de um amigo, conheceu o Programa de Fortalecimento de Negócios
Inclusivos de Comunhão (Profor), promovido pela Associação Nacional por uma Economia de Comunhão (Anpecom).
Com o Profor, recebeu um “capital semente”, que lhe permitiu abrir o salão Graça e Beleza.

Durante o processo seletivo do qual participou para ter acesso ao investimento, Luciana recebeu consultoria empresarial
e de desenvolvimento humano, além de participar de oficinas de formação ao empreendedorismo e aos valores da EdC. “Os valores da EdC combinam muito comigo. Trata-se de gratuidade, reciprocidade, dom, comunhão e trabalho”, celebra Luciana, que também conta com o apoio do Instituto Chiara Lubich de Inclusão e Comunhão (ICLIC).

Para ela, o diferencial do Graça e Beleza é o modo como as pessoas são tratadas. “O cliente vem ao salão e percebe que a gente não quer só o dinheiro dele, a gente se importa com o bem-estar dele. Comunhão é você se doar, não só pelo trabalho que eu faço, mas pelo meu tempo com as pessoas, para isso não ficar só no salão, mas ser levado para outras pessoas”, afirma a cabeleireira.

A comunhão da qual fala Luciana também é vivida de outras maneiras: por viver e trabalhar num bairro da periferia de Salvador, é comum que seu salão receba clientes com baixo poder aquisitivo, inclusive noivas preparando-se para o casamento. Nesses casos, dependendo da situação financeira da pessoa, a cabeleireira presta o serviço de graça ou por um preço reduzido. Mas como lidar com os gastos que isso implica?

E ainda, foram realizadas oficinas interativas e estimulantes sobre liderança, comunicação empresarial, critérios de admissão do pessoal, carismas e audiências que suscitaram confrontos muito profundos e produtivos sobre práticas de gestão e management. Nasceram sinergias entre os presentes onde se compartilhavam talentos, necessidades e competências e surgiram outros projetos locais para favorecerem estrangeiros, migrantes, pessoas carentes com um passado de droga ou de álcool, sem esquecer a assessoria e o apoio às jovens e inovadoras start-up. Também com grande entusiasmo foi recebida a descrição dos primeiros passos do network internacional de incubadoras de empresas (EoC-IIN) e das empresas que trabalham em todos os continentes segundo o espírito da Edc: todos se sentiram engajados em oferecer ideias e competências para o reforço destas em vista do lançamento oficial. Para o próximo ano será trabalhado de maneira conjunta no Norte e no Sul da América uma escola de EdC pan-americana.

“Quando a gente faz uma coisa dessa, a gente não gasta muito. E acaba que no outro dia a gente recebe uma recompensa tão grande, que é muito mais do que aquilo que
você gastou. Eu não fico apegada ao que eu gasto, mas àquilo que eu posso proporcionar às pessoas. Eu fico feliz por possibilitar que a pessoa realize aquele sonho. Isso
é comunhão. É você doar o que você tem. Eu tenho esse dom”, explica Luciana.

Atualmente, o Graça e Beleza emprega duas pessoas, com quem a cabeleireira procura estabelecer uma relação justa e solidária. A partir deste mês, ela também pretende
promover, em parceria com o amigo que lhe indicou o Profor, um curso profissionalizante a jovens que frequentam um projeto social do bairro. Luciana ainda se emociona ao narrar sua história e seu encontro com a EdC. Para ela, é uma prova de que “é importante acreditar nos nossos sonhos”. Quando lhe perguntam o porquê de suas atitudes, ela responde, com simplicidade: “se você tem muitos bens – e eu não falo só de dinheiro, mas também de conhecimento – e não compartilha com ninguém, de nada vale o seu aprendizado”.

Siga-nos:

Alessandra Smerilli

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

Aderir a EdC

Image
Opla
AMU
Eoc
aipec

quem está online?

Temos 948 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.